top of page

Belo Horizonte: conheça a capital mineira por roteiros especiais

Atualizado: há 2 dias

Embora Minas Gerais seja conhecida por suas cidades históricas, sua capital, Belo Horizonte, vem se consolidando como um importante destino turístico brasileiro. Repleta de atrações culturais e gastronômicas, BH merece ser incluída em sua próxima visita a Minas Gerais.


Para provar que Belo Horizonte está com a corda toda, selecionei vários roteiros com algumas atrações turísticas essenciais como também museus e locais isolados (inusitados) para curtir entre dois e três dias. Tem de tudo: arquitetura, museus, espaços de arte moderna, e claro, a famosa gastronomia mineira que tanto amamos, uai! Vem saber mais:


Neste post:


 


Complexo Moderno da Pampulha. Foto: Divulgação.
Complexo Moderno da Pampulha. Foto: Divulgação.

Roteiro Complexo Arquitetônico da Pampulha



Com o título de Patrimônio Mundial da UNESCO, conferido em 2016, o Conjunto Moderno da Pampulha é uma das obras mais emblemáticas de Oscar Niemeyer. Todo o complexo impressiona pela beleza e harmonia das linhas curvas, uma das marcas registradas do arquiteto. 


A obra mais famosa do Complexo, sem dúvidas, é a Igreja de São Francisco de Assis, erguida em linhas curvas que lembram as montanhas mineiras. Não deixe de conhecer o seu interior, onde estão os incríveis painéis de Cândido Portinari. 


Além disso, você conhecerá o antigo Cassino (hoje Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design) e o Iate Golfe Clube (Iate Tênis Clube). Em meio a essa riqueza moderna, estão inúmeras obras imperdíveis, como as esculturas de Alfredo Ceschiatti e os jardins célebres de Roberto Burle Marx.


Todo o entorno possui uma paisagem verde que pede um momento de contemplação. A área ao redor da Lagoa da Pampulha nos convida para uma caminhada ou até mesmo um passeio de bicicleta. Para os amantes da bike, o trajeto completo tem 18 km de extensão e cruza a região do Jardim Zoológico, do Museu de História e Jardim Botânico e os estádios do Mineirão e do Mineirinho. 


Dica: se você não tiver uma bike, saiba que diversas empresas alugam bicicletas no entorno da Lagoa da Pampulha.




Arte Urbana em BH. Foto: CURA.
Arte Urbana em BH. Foto: CURA.

 

Roteiro Arte Urbana do Centro 


E quem disse que o lugar da arte é só no museu? Belo Horizonte também é conhecida pela sua arte urbana. O Circuito Urbano de Arte (CURA), iniciou em 2017 a pintura de vários murais e painéis de arte ao longo de diversas fachadas. Além de colorir a paisagem, esses painéis representam símbolos da cultura mineira e dialogam com inúmeras causas importantes. 


Você pode apreciar essas obras durante um passeio casual no centro, mas para uma visão panorâmica das principais peças, BH conta com um dos primeiros mirantes de arte urbana do mundo, localizado na Rua Sapucaí.


De lá é possível contemplar os painéis gigantescos com a ajuda de lunetas. Em 2019 um novo mirante foi aberto na Rua Diamantina, no bairro Lagoinha, ampliando ainda mais o acesso para moradores e turistas.


E por falar na Rua Sapucaí, ela se tornou um ponto de encontro de artistas da cidade. Além do mirante, você encontrará bares e restaurantes badalados, além de uma das melhores vistas para o centro de BH.  


Dica: Confira o site do projeto CURA para saber mais informações sobre as próximas edições do evento e conhecer mais sobre as obras espalhadas pela cidade. Neste link você encontrará um mapa com as principais obras de arte urbana espalhadas por BH. 



Palácio da Liberdade. Foto: Divulgação.
Palácio da Liberdade. Foto: Divulgação.


Circuito Cultural da Praça da Liberdade


A Praça da Liberdade é um dos principais cartões-postais de Belo Horizonte, mas não é só isso. Além de sua beleza arquitetônica, ela faz parte de um circuito cultural com atrações imperdíveis. 


O Circuito Liberdade, criado em 2010, é um dos principais complexos culturais do Brasil. Antigos prédios históricos, que antes abrigavam o centro administrativo do Estado, agora são dedicados à arte e cultura.


Ao todo, são 33 instituições, sendo que 13 são geridas pelo governo estadual e as demais funcionam através de parcerias público-privadas. E o melhor, tudo pertinho e bem fácil de conhecer. 


Aqui você encontrará o Museu das Minas e do Metal, o Espaço do Conhecimento da UFMG, o Memorial de Minas Gerais e o BDMG Cultural, além de outros equipamentos culturais. 


Não deixe de conferir o CCBB, Centro Cultural do Banco do Brasil. Além da beleza arquitetônica do prédio, o espaço conta com salas de exposições, teatro e um café. Por aqui passam algumas das melhores exposições de arte de Minas Gerais. 


Outra atração essencial é a Casa Fiat de Cultura, um espaço dedicado ao universo artístico que conta com ótimos eventos, palestras e exposições nacionais e internacionais. 


Já o Palácio da Liberdade, antiga sede do governo do estado de Minas Gerais, é uma verdadeira joia arquitetônica. Atualmente funciona como museu e espaço cultural. É possível agendar uma visita guiada que conta um pouco da história do prédio e das obras de arte expostas. As visitas são gratuitas e de acordo com a lotação. Confira os horários no site




Museu de Artes e Ofícios em Belo Horizonte. Foto: Divulgação.
Museu de Artes e Ofícios. Foto: Divulgação.

Museu de Artes e Ofícios e Praça da Estação


Bem no coração de BH fica o Museu de Artes e Ofícios, considerado o primeiro museu do Brasil totalmente dedicado ao tema do trabalho, das artes e dos ofícios tradicionais. 


Com uma rica exposição que atravessa a história do nosso país, o museu está localizado no histórico conjunto da antiga Estação Central da Estrada de Ferro Central do Brasil, na Praça Rui Barbosa, conhecida também como Praça da Estação. 


Esse é um museu especial, que nos aproxima das tradições brasileiras, oferecendo um novo olhar sobre a nossa história e a nossa cultura. A coleção do museu destaca a riqueza da produção popular, mostrando os ofícios que deram origem às profissões atuais. 



Mercado Central de Belo Horizonte. Foto: Site Mercado Central.
Mercado Central de Belo Horizonte. Foto: Site Mercado Central.


Mercado Central e Mercado Novo


Quando o assunto é mineiridade, poucos lugares representam melhor a culinária e as tradições mineiras do que o Mercado Central de Belo Horizonte. 


Fundado em 1929, esse é um dos mais tradicionais mercados municipais do Brasil. Em 2016, uma votação feita por especialistas em turismo mundial elegeu o Mercado Central de BH como o terceiro melhor mercado urbano do mundo.


E não é pra menos. Aqui você encontrará uma enorme variedade de produtos típicos de Minas: café, doces, hortaliças, artesanato e o famoso queijo mineiro. Algumas lojas são especializadas no tradicional queijo da Serra da Canastra e nos queijos da região do Serro, que estão entre os melhores do país. 


O Mercado Central de Belo Horizonte também é conhecido por seus bares, famosos por petiscos fartos e boa prosa. 


Outro lugar que merece uma visita é o Mercado Novo. Ao contrário do Mercado Central, este espaço nunca esteve sob os holofotes - até agora. 


Inaugurado nos anos 1960, o Mercado Novo recebeu esse nome de "novo" em comparação ao tradicional Mercado Central. Atualmente o espaço foi ocupado por diversas lojas, bares, cafés e restaurantes, se tornando o principal ponto do comércio criativo de BH. 


Aqui você encontrará de tudo um pouco. De lojas com peças autorais até restaurantes renomados. Bares de vinho e cafés artesanais. O Mercado Novo é um lugar para bater perna, tomar uma cerveja (ou uma tradicional cachaça mineira), conhecer novos artistas e mergulhar no que Belo Horizonte tem de mais inovador e ousado. 





Museu da Moda de Belo Horizonte. Foto: Prefeitura de BH.
Museu da Moda de Belo Horizonte. Foto: Prefeitura de BH.


Lugares inusitados


Como vimos até aqui, Belo Horizonte não cabe num único roteiro. É uma cidade para ver e rever sempre. Eis aqui alguns lugares pitorescos que também valem uma visita:


Edifício Arcângelo Maletta


Ponto da boemia de Belo Horizonte, é conhecido pelos bares populares e pelos famosos PFs - o bom e velho prato feito. Aqui também estão diversas livrarias de livros usados (os famosos sebos), lojas de discos e antiguidades e bares e restaurantes que animam a noite de BH. 


Museu da Moda de Belo Horizonte


O prédio que abriga do MUMO, Museu da Moda de Belo Horizonte, parece uma igreja gótica e fica ao lado do edifício Maletta. Criado em 2016, foi o primeiro museu público de moda do Brasil. Oferece exposições que contam a evolução da moda e da cultura em Minas Gerais.


Bairro de Santa Tereza


BH tem um cantinho que parece um pedaço do interior. Estou falando do bairro de Santa Tereza, famoso por seu clima calmo e por seus bares cheios de personalidade. O bairro ficou conhecido mundialmente por ter sido local de encontro de inúmeros artistas. Foi aqui que nasceu o Clube da Esquina, liderado por Milton Nascimento e Lô Borges. Aliás, bem perto esquina da rua Divinópolis com a rua Paraisópolis, a esquina que inspirou a canção “Clube da Esquina”, fica um bar e museu em homenagem aos músicos. Vale conhecer. 


Museu Abílio Barreto


Quer saber mais sobre o nascimento de BH? Então visite o Museu Histórico Abílio Barreto. Localizado no bairro Cidade Jardim, o museu fica no único casarão colonial ainda preservado na cidade. O espaço oferece programação cultural gratuita e diversas exposições que contam mais sobre a formação e a evolução da capital mineira. 


Feira Hippie


Aos domingos, das 7 às 14h, a avenida Afonso Pena, no coração de BH, recebe sua famosa Feira de Artesanato, mais conhecida como Feira Hippie. Nela você encontrará de tudo: artesanato, roupas, calçados, antiguidades e produtos regionais. Uma ótima oportunidade para provar um tradicional pastel de queijo minas com caldo de cana. 



Em resumo


Belo Horizonte é um destino especial. A capital mineira reúne tradição e modernidade, arte e cultura, história e entretenimento para todos os gostos. Depois de conhece-la você certamente verá a cultura mineira com outros olhos. 


Se você gostou das dicas de roteiros, mas prefere a minha companhia, não deixe de agendar hoje mesmo o meu passeio Belo Horizonte Essencial. Nele conheceremos os principais pontos dessa cidade incrível, num city tour leve e descontraído com duração de 4 horas!





51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentar


bottom of page