top of page

Passeio romântico em Ouro Preto: dicas essenciais

Tomar o café da manhã vislumbrando o pico do Itacolomi, tirar uma selfie na ponte onde Marília suspirou de amor por Dirceu, dar aquele beijo apaixonado na escadaria de uma igreja, brindar o entardecer com uma taça de vinho branco mineiro com queijo da Canastra…


Quando o assunto é romantismo, Ouro Preto é o lugar perfeito. A cidade é repleta de atrações ideais para um passeio a dois cheio de romantismo, história e beleza.


Se você está planejando um passeio romântico em Ouro Preto, então não deixe de conferir a seleção que fiz para um passeio romântico na eterna Vila Rica.


Neste post:





Ruas de Ouro Preto
Ouro Preto. Foto: Febriyanta / Getty

Algumas dicas para um passeio romântico em Ouro Preto


Antes de fazer as malas, é importante se atentar para algumas dicas:


Garanta suas reservas

Especialmente em datas comemorativas, como o dia 12 de junho, Dia dos Namorados, Ouro Preto atrai pessoas de todo o Brasil. É fundamental reservar sua hospedagem e, se possível, também o seu jantar romântico, se esse for o caso.


Fique atento ao clima

O amor está no ar - e frio também! É bom saber que em junho estamos no fim do outono e comecinho do inverno. As temperaturas costumam cair a noite, enquanto durante o dia temos sol pleno e clima seco. É a chance de caprichar no visual e de ficar agarradinho(a) com o seu mozão!


Torne o seu passeio mais dinâmico

Nem preciso dizer que Ouro Preto é linda, mas com a presença de uma guia credenciada o seu passeio será ainda mais proveitoso. Além guiá-los através da história e da cultura da cidade, comigo você terá um encontro marcado com o que Ouro Preto tem de melhor. Então não deixe de conferir meus passeios personalizados disponíveis aqui.


Dito isto, bora conferir as dicas para um passeio cheio de chamego e romantismo em Ouro Preto. Vem comigo:


Casa de Gonzaga


A Casa de Gonzaga, hoje Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Ouro Preto, é um lugar com história para contar. O casarão do século XVIII abrigou a Ouvidoria de Vila Rica e foi a residência de Tomás Antônio Gonzaga durante seu mandato como ouvidor-geral, de 1782 a 1788.


Tomás Antônio Gonzaga, que além de poeta foi participante da Conjuração Mineira, escreveu aqui muitos versos do poema Marília de Dirceu, obra máxima do arcadismo brasileiro. Acredita-se que foi nos jardins desta casa que Gonzaga pela primeira vez viu Maria Dorotéia Joaquina de Seixas, eternizada como Marília. A história de amor mais famosa do período colonial brasileiro não terminou com um final feliz. Gonzaga foi preso e exilado e Marília jamais encontrou novamente.


Além da importância histórica e literária, o casarão permite uma linda vista para a casa de Marília de Dirceu (lá em baixo, no bairro de Antônio Dias), além da Igreja de São Francisco de Assis e a Igreja de Santa Efigênia. Ah, e a visita é gratuita.


Dica extra: Recomendo muito a leitura do livro Marília de Dirceu e se você desejar uma experiência mais completa, confira o meu passeio guiado que tem essa obra como tema principal. Saiba mais aqui.


Ponte dos Suspiros (Ponte de Marília)


E por falar em Marília e Dirceu, um dos lugares mais românticos de Ouro Preto é sem dúvidas a Ponte do Antônio Dias, mais conhecida como Ponte dos Suspiros ou Ponte de Marília.


O nome vem da imagem romântica da jovem Maria Dorotéia que passou a vida suspirando de saudades de seu amado Gonzaga. A ponte é citada nos versos do livro Marília de Dirceu.


Marília viveu boa parte de sua vida no casarão que existia onde hoje encontramos o colégio Marília de Dirceu. A construção original não mais existe, mas o nome dos dois amantes continua fazendo parte da história e do imaginário de Ouro Preto.


Passeio romântico em Ouro Preto
Casais apaixonados num registro na Ponte dos Suspiros.

A ponte feita em cantaria (uma técnica de talha em pedra), é uma das mais belas de Minas Gerais. Repare nos bancos localizados dentro do arco do passeio central. Esses assentos são chamados de "conversadeiras" e eram utilizados como espaço convívio público e, claro, para namorar.


Vale a pena ainda tirar um tempinho para contemplar toda a imponência das construções do bairro de Antônio Dias. Esse é o lugar perfeito para curtir a dois e registrar momentos repletos de amor.


Passeio romântico em Ouro Preto
Cada pedacinho de Ouro Preto nos convida a amar.

Escadaria da Igreja de N. S. do Carmo


E que tal um beijo apaixonado na escadaria de uma das igrejas mais requisitadas para casamentos? Além da beleza de seu interior, a Igreja de N. S. do Carmo de Ouro Preto possui em seu entorno um gramado com muretas e uma escadaria, lugares perfeitos para um passeio romântico.


Não deixe de apreciar a vista panorâmica para as montanhas e parte do centro histórico. Aqui também é o lugar ideal para uma pausa. Sente-se nas muretas centenárias e aprecie o vento no rosto.


Com as energias recarregadas e o coração bem aquecido, você poderá conhecer a Casa da Ópera, que fica ali pertinho. Se trata do teatro mais antigo em funcionamento das Américas e já foi palco de inúmeras peças - incluindo a mais famosa história de amor da literatura: Romeu e Julieta, de William Shakespeare.


Dica extra: não deixe de conferir o famoso "Murinho dos Namorados", na rua Getúlio Vargas, em frente a Fábrica de Chocolates Ouro Preto. Além da vista para a Matriz de Nossa Senhora do Pilar, você poderá eternizar esse momento romântico com uma taça de vinho branco com um tradicional queijinho da Canastra da Queijaria Tesouros das Gerais.



Passeio romântico em Ouro Preto
Escadaria do Carmo. Romantismo e beleza.

Passeio noturno pelo centro histórico


Depois de um jantar romântico, nada melhor do que um passeio de mãos dadas pelo centro de Ouro Preto. Durante a noite a cidade ganha um ar de mistério, com as luzes dos lampiões acesos. Tente imaginar como era a vida nos tempos da antiga Vila Rica.


Um bom trajeto é seguir do Largo de Coimbra até o largo do Rosário, ou partir do Rosário (se você estiver hospedado por ali) e seguir em direção a Igreja de S. Francisco de Assis. Neste caminho você passará pela famosa Rua Direita, pela Rua São José e pela Praça Tiradentes.


Ouro Preto é uma cidade bastante segura, mas recomendo sempre um passeio noturno pela região central. Bairros mais afastados ou atrações fora do circuito tradicional pode ser melhor visitadas durante o dia e com a presença de um guia credenciado.


Dica extra: no Dia dos Namorados, a maioria dos restaurantes do centro histórico oferece jantares com menus especiais. Confira sempre a programação do seu restaurante favorito e fique atento com as reservas. Nesta data a cidade costuma ficar bastante movimentada.


Em resumo


Ouro Preto é uma cidade repleta de história e cultura, com suas ruas de pedra, casarões coloniais e igrejas barrocas. Esse ambiente histórico e encantador proporciona um cenário romântico como em nenhum outro lugar.


A atmosfera da cidade nos encanta com seu charme único e acolhedor. Além disso, você encontrará aqui inúmeros cafés, bares e restaurantes que criam o ambiente perfeito para momentos especiais a dois.


Isso sem contar a inspiração literária: Ouro Preto foi lar de importantes figuras literárias brasileiras, como Tomás Antônio Gonzaga, autor da história de amor do livro Marília de Dirceu. Essa atmosfera literária e romântica envolve os visitantes, criando uma experiência que viverá para sempre em sua memória.


Gostou das dicas para um passeio romântico em Ouro Preto? Então confira minha lista de passeios personalizados e agente hoje mesmo o walking tour perfeito pra você e para o seu amor. Saiba mais no botão abaixo:


 





Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page