top of page

O turismo em Congonhas (MG) é imperdível! Saiba o que ver e fazer

Conhecida como a “Cidade dos Profetas”, Congonhas, situada na região do Alto do Paraopeba, impressiona por guardar em suas ruas, casas e paisagens uma obra arquitetônica incrível, tendo seu ápice nas esculturas de Aleijadinho, e também por reunir arte, fé, história, culinária e beleza em um só lugar.

Dá vontade de conhecer, não dá? Então preparei ótimas opções que, mesmo se você estiver com o tempo ou o orçamento um pouco apertados, vão se encaixar perfeitamente no seu roteiro.

1. Para quem gosta de história

Ainda não se tem certeza do ano, mas sabe-se que desde 1734 já havia um povoado na região. Depois, a cidade de Congonhas passou a fazer parte do Ciclo do Ouro e, junto a outras cidades como Ouro Preto, ela se tornou um polo comercial e atraiu muitas pessoas. Até mesmo artistas, como o famoso Aleijadinho, que esculpiu os 12 profetas da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, que transformaram a cidade em um centro de peregrinação religiosa.

Congonhas guarda tesouros desse grande escultor do estilo barroco e, também, apresenta diversos museus que nos contam mais sobre a história mineira. Esses são os que eu mais indico:

  1. Museu de Mineralogia e Arte Religiosa;

  2. Museu Romaria;

  3. Museu da Imagem e da Memória de Congonhas;

  4. Museu de Congonhas.

E o melhor, os ingressos dos museus têm um valor bem baixo, então é possível visitar muitos deles e ainda ficar dentro do orçamento.

2. Para quem é apaixonado por arquitetura

A cidade mantém inúmeros exemplos preservados da arquitetura colonial, dentre os mais famosos estão a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, que contém um projeto de douração feito pelo pai de Aleijadinho, e a Igreja do Rosário, a primeira da cidade, erguida por escravos. Recomendo que você caminhe pela Rua da Ladeira, pois nela verá exemplos de casarios do século XVIII e XIX que culminam na gloriosa Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

Além disso, o Museu de Congonhas é uma obra arquitetônica icônica da cidade, que une o passado com o presente, isso porque o projeto é totalmente moderno, mas tem à sua volta vários exemplos do estilo barroco. São três andares recheados de história que eu, particularmente, acho incríveis.

3. Para quem quer descansar

Agora, se o seu objetivo é descansar, o turismo em Congonhas te reserva opções ótimas, principalmente se você vai viajar com alguém que ama.

Por exemplo, um bom passeio pelas ruas da cidade. Assim é possível aproveitar para conhecer o artesanato local, num ambiente romântico, com um pôr do sol dourado fantástico, enquanto escolhe o que comer entre as deliciosas iguarias da culinária mineira.

Tudo isso, é claro, fica muito mais fácil com um guia, que pode te indicar os restaurantes fora do circuito turístico e que oferecem uma comida maravilhosa! Além disso, há opções de hospedagem em hotéis fazenda para todos os bolsos.

4. Para quem prefere atividades ao ar livre

E, claro, para os mais aventureiros, o turismo em Congonhas guarda maravilhas naturais de tirar o fôlego e encantar os olhos. Um ponto de interesse comum e que eu não dispenso é o Parque das Cachoeiras, onde é possível fazer piqueniques ou aproveitar as opções de esporte como rapel e tirolesa. Ali mesmo, é possível fazer trilhas e vislumbrar as lindas cachoeiras escondidas pelo Parque.

Por fim, quando for para Congonhas, saiba que o inverno pode ser bem forte, assim como o verão. Então, a dica é escolher entre a primavera ou o outono, ou mesmo visitar a cidade durante o Jubileu, data festiva que atrai muitas pessoas à região.

Agora que você sabe um pouco mais sobre o turismo em Congonhas, já pode planejar melhor sua viagem. Então, caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário aqui no post.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page